…sobre orgásmo masculino sem ejaculação!!!,-) #tantra

…no tantra, o termo ‘bindú’, que significa “ponto”, é considerado o núcleo, ou a morada da matéria, o ponto a partir do qual toda a criação através da mente e pensamento se tornam manifesto…vivo, encarnado…na verdade, é nos centros superiores do cérebro onde ocorre essa manifestação, mas devido ao sub desenvolvimento das emoções e paixões, bindú, cai para a região inferior do corpo, onde é transformado em esperma no homem e óvulos nas mulheres… No nível mais alto, bindu seria um ponto… No nível inferior, seria uma gota de líquido, que escorre do orgasmo masculino e feminino e possibilitam o processo reprodutivo humano… De acordo com o tantra, a preservação do bindú é absolutamente necessária, por duas razões: Em primeiro lugar, o processo de regeneração físico corporal, só pode ser realizado com a ajuda do bindú… Em segundo lugar, TODAS as experiências sensoriais vistas como “espirituais” ocorrem quando há uma explosão desse ‘bindú’… Esta explosão pode resultar na criação de um pensamento e/ou de qualquer coisa energeticamente falando…portanto, no tantra, certas práticas são recomendadas pelas quais o parceiro masculino pode interromper a ejaculação e manter o bindú… De acordo com o tantra, a ejaculação não deveria ocorrer sem o sagrado propósito da procriação, desperdiçar esse rico material orgânico em fundos camisinhas no lixo, ralos de banheiro, vaso sanitário, etc., é perder a oportunidade de ensinar ao corpo como regenerar-se utilizando suas propriedades incríveis que podem, na sua utilização original trazer a vida, uma outra consciência…por isso deve-se aprender a controlar e pará-lo, quando não se está pretendendo conceber… para este propósito, o parceiro masculino deve aperfeiçoar as práticas de ‘mudra vajroli‘ bem como ‘moola bandha‘ e ‘uddiyana bandha‘. Quando estes três ‘kriyas’ são aperfeiçoados, são capazes de parar a ejaculação completamente em qualquer ponto da experiência… A ejaculação não é evitada por causa da perda em termos de estrutura química do sêmen, mas porque ela traz para baixo o nível de energia do corpo… O ato sexual, como sabemos, culmina em uma experiência particular que é alcançado apenas no ponto de explosão de energia… o orgásmo… a menos que essa energia exploda, a experiência não pode acontecer…a sensação de satisfação não ocorre…mas esta experiência precisa ser mantida, de modo que o nível de energia continue a ser elevado…como quando estamos em processo de excitação crescente, a cada estímulo, seja visual, mental e/ou física, através do toque e manipulação, vai-se elevando o nível energético até o que conhecemos como o ápice da experiência sensorial…o orgásmo físico…quando o nível de energia chega ao seu máximo ela subitamente cai…e… a ejaculação ocorre. Portanto, a ejaculação deve ser evitada, não tanto para preservar o sêmen e suas substâncias formadoras, mas, porque provoca uma depressão no nível de energia com a saída desse material… Para fazer esta energia continuar a crescer e “viajar” de volta para cima através da espinha, o ‘kriyas yoga hatha‘ têm de ser dominado. A experiência que é concomitante de energia tem que ser aumentada para os centros superiores… Só é possível fazer isso se você é capaz de manter essa experiência… Enquanto a experiência continua, você pode direcioná-la mentalmente para os centros superiores… Mas assim que o nível de energia acumulada chega a seu clímax, sofre uma depressão, a ejaculação vai acontecer…. a ejaculação derruba a temperatura do corpo que vinha crescendo junto com a excitação e o estímulo e, ao mesmo tempo, o sistema nervoso sofre essa depressão…quando os sistemas nervoso simpático e parassimpático sofrem essa depressão, afeta diretamente o cérebro… É por isso que muitas pessoas têm problemas depressivos, quando vivem uma vida desregrada sexualmente, buscando na satisfação sexual todos os “méritos” da vida…  somente quando você for capaz de reter o sêmen sem ejacular a energia no sistema nervoso e a temperatura em todo o corpo serão mantidos… ao mesmo tempo, você estará livre do incosciente sentimento de perda, depressão energética física, frustração, que sempre leva a comportamentos violentos… e… culpa, a velha e inútil sensação dogmatizada filosoficamante em nós através dos conceitos de “pecado” disponíveis em qualquer religião a que você fizer parte… essa retenção espermatozóica, também ajudará a aumentar a frequência sexual, uma vez que a excitação que percorre o corpo durante o ato sexual, não te abandona, ela continua em você causando uma nova energia que te ajuda em todos os seus afazeres diários, tornando TUDO mais prazeroso… e… que é melhor para ambos os parceiros… O ato sexual recreativo, sem intenção de procriar, não tem que criar fraquezas ou dissipar as energias, ao contrário, ele pode se tornar um meio de explodir essa energia e mante-la… Portanto, o valor de reter o ‘bindú‘ não deve ser subestimado. Na ‘hatha yoga‘ há certas práticas que devem ser aperfeiçoadas para este fim… Você pode começar com ‘asanas’, ou posturas de exercícios yogues, como a ‘Paschimottanasana’, ‘shalabhasana’, ‘vajrasana’, ‘vajrasana Supta’ e ‘siddhasana’… Estas posturas são benéficas, pois pode te fazer controlar uma contração automática sobre os centros energéticos mais baixos do corpo humano… ‘Sirshasana’ é uma postura também muito importante porque “ventila” o cérebro de modo que todas as suas experiências se tornem saudáveis… Quando essas posturas tiverem sido dominadas a contento, o ‘shambhavi mudra’ é aperfeiçoado a fim de manter a concentração constante em ‘Bhrumadhya’... Então ‘vajroli mudra’ tem que ser praticado sempre em conjunto com ‘moola bandha’ e  ‘uddiyana bandha’ em ‘kumbhaka’…a prática de ‘kumbhaka’ é necessária enquanto a ejaculação está acontecendo, no ápice da sensação prazeirosa do orgásmo… Retenção da respiração e do ‘bindú’ andam de mãos dadas… Perda de ‘kumbhaka’ é a perda de ‘bindú’, e perda de ‘bindú’ é a perda de ‘kumbhaka’…simples assim… Durante a ‘kumbhaka’, quando você está mantendo a experiência, você deve ser capaz de dirigi-lo mentalmente para os centros superiores, mentalizando a energia fluindo pela coluna vertebral e se alojando nos centros energéticos vitais superioeres, os chakras… Se você é capaz de criar mentalmente um arquétipo desta experiência, através da visualização criativa, com a forma de uma serpente, ou de uma aparência luminosa, então o resultado será fantástico…acreditem… Assim, na vida sensorial chamada espiritual, o ‘bindú’ deve ser preservado a todo custo… No corpo do homem, a sublimação mais refinada do alimento que mantém a vida, é transformada em esperma que, de acordo com os Tantras, contém as características mentais, emocionais e físicas em forma viva e transmissível…mais conhecidas como D.N.A… A embriologia moderna confirma que o esperma é uma substância bastante complexa, com a capacidade de viver, e reter “consciência”, teoricamente durante um longo período após a ejaculação… Testes feitos por Cleve Backster (Grover Cleveland “Cleve” Backster, Jr. (27 de fevereiro de 1924 – 24 de junho de 2013) foi um especialista em interrogatório da CIA , mais conhecido por seus experimentos com plantas usando um instrumento polígrafo na década de 1960 que levou a Sua teoria da ” percepção primária ” onde ele afirmou que as plantas “sentem dor” e têm percepção extrasensorial (ESP), que foi amplamente divulgada na mídia, mas obviamente, foi rejeitada pela comunidade científica.!!!,-), que o esperma que foi liberado e retido “reconhece” e reage à presença do seu doador original. Estes testes foram feitos em condições de laboratório, usando uma técnica conhecida como poligrafia. É lógico supor-se que a mesma reação ocorre quando o esperma está dentro do corpo de uma mulher… Esta ressonância consciente entre o esperma e o doador original, bem depois da ejaculação é a base da “lógica” primitiva para os encantos “mágicos” que especificavam o uso do esperma, para dar poderes a amuletos e talismãs…crendices ignorantes…Tanto os textos tântricos, quanto os taoístas, descrevem métodos para armazenar e transformar o esperma em um chamado “brilho lunar” interior, o ‘SOMA’… Um texto tântrico declara ainda que: “O iogue pode fazer sua semente erguer-se até o centro coronário, onde passa a ser transformada em Soma, o elixir dos deuses“… Em contraste com a mulher, que tem um suprimento ilimitado de essência vital e pode, portanto, ter repetidos orgasmos, o homem produz o esperma de todas as partes de seu corpo e é limitado quanto ao número de vezes que pode ejacular em cada sessão amorosa. O esperma é produzido a partir do alimento digerido durante um período de até um mês… por isso, um homem deveria comer alimentos revigorantes para substituir a perda de elementos vitais do corpo, o que ocorre após repetidas ejaculações de esperma… Se um homem continuar a fazer sexo em excesso e ejacular, em um certo momento, poderia até mesmo ejacular sangue de acordo com algumas teorias Taoístas… Então, compreendermos o devido valor dessas práticas milenares, separando-as das crendices populares e encontrando a verdade escondida por trás do véu de falsas informações sem nenhuma base de credibilidade, é portanto muito necessário para que o homem possa se desenvolver plenamente, física e mentalmente, alcançando assim um nível de excelência superior, que possa, através da regeneração celular completa leva-lo adiante, muito além das suas incapacidades limitatórias da sua realidade de vida…e…assim enveredar pelo mistério que os antigos textos de Tantra Yoga, nos convidam…e…assim ser capaz de viver livre e feliz por muito mais tempo do que as nossas perspectivas iniciais de vida nos oferecem…a mais de quinze anos eu venho estudando e praticando essas técnicas e, sim, posso atestar suas eficácias…mas não se preocupem que não venho falar desse assunto para me oferecer como mais um “guru”, pois acredito piamente que a verdade só se expressa para quem nela considerar sua vida e suas experiências, honestamente!!!,-) #IwantToBEforeverYOUNG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s